Como a tecnologia pode ajudar o varejo?

Pode até parecer repetitivo ficar dizendo que a tecnologia no varejo é uma questão essencial para o mercado, mas esse é um ponto necessário de se abordar. O segmento é um dos mais importantes para a economia brasileira, mas também um dos mais tradicionais. Ou seja, encontra dificuldades em inovar.

Além de ser um modelo pouco flexível, esse tradicionalismo é muito inerente à cultura do setor. O varejo no Brasil tem características específicas de funcionamento, que foram surgindo de acordo com os hábitos de consumo do país.

O segmento também enxerga muitas vezes a tecnologia como uma realidade futura, que ainda não pode ser aplicada no dia a dia das empresas de varejo, o que é um grande problema. Por isso, reunimos aqui algumas situações em que a inovação já é real e pode ser de grande ajuda.

A tecnologia pode auxiliar na otimização de processos, automatização de tarefas e impulsionamento de vendas, sem comprometer resultados – a preocupação de qualquer executivo da área. Confira abaixo e saiba como começar a inovação no varejo de dentro da sua empresa:

Armazenamento e recebimento de mercadorias

Quem atua no varejo precisa lidar diariamente com um grande fluxo de informações que se referem ao estoque das mercadorias. Esses dados podem estar relacionados às características dos produtos, os valores, tarifação, entre muitas outras situações. Também pode ter relação com a sistematização da empresa, que precisa ter controle do que entra e do que sai, assim como um controle do histórico dos produtos. Hoje, existem softwares que podem concentrar de forma prática todo esse volume de informações em um só lugar. Eles também são de muita utilidade por garantirem a integração de equipes distintas em um mesmo ambiente.

 

Melhor controle das informações do negócio

Mais uma vez os softwares podem auxiliar no gerenciamento de todas as informações sobre o negócio. No caso de empresas de varejo de grande porte, ter sistemas especialmente desenvolvidos para as suas necessidades é muito importante para a sua organização, uma vez que o fluxo de dados é assustadoramente grande. A tecnologia aqui auxilia em pontos administrativos, contábeis, jurídicos, mas também podem ter seu valor no dia a dia operacional, por garantir uma fácil consulta ao estoque, por exemplo.

 

Redução de custos

Aqui fazemos a relação entre produtividade, otimização de tarefas e assertividade. Existem muitas empresas que ainda fazem um controle manual do caixa, do fluxo de estoque e até da atualização de informações referentes às taxas. Algumas soluções automatizam tarefas recorrentes ou otimizam e muito o trabalho por armazenarem as informações em um só sistema. Isso faz com que haja a redução do tempo determinado para certas tarefas, o que permite que os colaboradores tenham mais oportunidades para se dedicar a tarefas mais estratégicas e aumentam a assertividade do trabalho.

 

Acompanhamento assertivo de índices de desempenho

Ao usar a tecnologia para organizar processos e equipes, todas as informações referentes à administração da empresa ficam reunidas em um lugar só. Isso ajuda, consequentemente, no acompanhamento e na análise dos resultados. Ter o auxílio de softwares para o mercado de varejo é vantajoso para acompanhar as métricas de vendas, analisar dados referentes aos fornecedores e extrair relatórios de forma mais facilitada e precisa.

 

Tecnologia no varejo não deve ser a sua única preocupação

É claro que ter o apoio de sistemas e conseguir integrar áreas com o apoio da tecnologia é muito importante, mas esses pontos não são o suficiente para uma empresa de varejo de sucesso. Hoje em dia, é essencial estar a par das transformações que envolvem o setor e, principalmente, os consumidores. Reunimos em um e-book um panorama sobre o segmento e análises sobre o varejo do futuro.

Baixe agora!

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages