Como a IoT está mudando o mundo?

Por Bernd Gross

Você já deve ter ouvido todo o alarde sobre a Internet das Coisas: bilhões de dispositivos conectados, carros autônomos, geladeiras que pedem leite.

Mas, até agora, você acha que seu mundo não mudou muito – certo?

Na realidade, mudou muito – e este é apenas o começo. O valor real já está sendo entregue em setores como IoT industrial, logística, cidades inteligentes, serviços públicos, telecomunicações e muito mais.

Os consultores do Gartner ainda consideram a IoT uma tecnologia emergente: “Em 2022, 25% das grandes empresas industriais irão implementar uma arquitetura de plataforma IIoT de vários fornecedores, contra menos de 10% hoje *”.

Enquanto isso, a aceitação parece provisória. Por quê? Existem algumas barreiras à entrada. Algumas das obstruções iniciais que você pode encontrar são falta de compreensão e acordo sobre visão e objetivos. Então, como você supera isso?

A primeira coisa a determinar é o que você deseja alcançar. Você está procurando monitorar equipamentos habilitados para IoT para detectar falhas? Ou você quer ir mais longe e prever quando algo pode falhar? Talvez você queira ser capaz de gerenciar a integração e o ciclo de vida completo de seus ativos industriais.

Vamos examinar esses objetivos separadamente com alguns exemplos da vida real.

O monitoramento em tempo real dos dispositivos conectados é importante porque pode medir coisas como vibrações, temperatura e uso – informando quando o equipamento está quebrado ou prestes a falhar.

Um bom exemplo aqui é Gardner Denver. Incorporando a tecnologia IoT em seus produtos e implementando uma plataforma IoT abrangente, Gardner Denver pode minimizar o tempo de inatividade de seus compressores no campo. A detecção de falhas em tempo real significa que os equipamentos quebrados recebem manutenção e voltam ao trabalho rapidamente, ajudando a empresa a gerenciar a substituição de peças e os ciclos de reparo com mais eficiência.

Um fabricante de máquina de costura industrial detectou falhas de configuração com monitoramento de IoT e melhorou radicalmente o serviço para seus clientes – a maioria dos problemas poderia ser resolvida remotamente, sem uma visita de serviço no local.

A análise preditiva para equipamentos envolve a adição de uma camada de análise no topo das plataformas de gerenciamento de dispositivos IoT. Isso dá às organizações a capacidade de usar os dados em modelos que podem prever falhas ou falhas antes que elas aconteçam.

O iConn de Gardner Denver pode visualizar e analisar os principais dados operacionais gerados a partir de um compressor, para fornecer soluções de manutenção preditiva que permitem resultados inovadores.

Um fabricante de geradores de vapor monitora 60 parâmetros operacionais em cada gerador e envia os dados para seu sistema de análise de negócios, permitindo rápida implantação e refinamento da detecção e prevenção de falhas.

Para ativos industriais conectados, a IoT permite que os fabricantes compartilhem dados entre as partes interessadas e parceiros, impulsionando a otimização dos ativos e melhorando a automação e o controle.

A Dürr AG usa a IoT para gerenciar de forma autônoma a operação de suas estações de pintura robótica, com base nos dados do sensor, para melhorar a qualidade e eficiência críticas – e reduzir custos.

Todas essas empresas têm algo em comum: elas usam a plataforma Cumulocity IoT.

O Cumulocity IoT oferece configuração rápida de dispositivos para estabelecer monitoramento de ativos em tempo real. Oferece mecanismos analíticos integrados, incluindo Apama, Zementis e TrendMiner para permitir streaming, análises preditivas e de autoatendimento. E a participação da Software AG na ADAMOS, a joint venture da IIoT com a Dürr AG, DMG Mori, Zeiss AG e ASM Pacific Technology, demonstra nosso compromisso com – e conhecimento de domínio de – casos de uso industrial.

É por isso que recentemente fomos reconhecidos pelo Gartner em seu novo relatório de Capacidades Críticas para Plataformas Industriais de IoT *. A Software AG recebeu a pontuação mais alta em todos os casos de uso – monitoramento, análise preditiva para equipamentos e ativos industriais conectados – para nossa IoT Platform Cumulocity IoT.

A IoT está mudando o mundo e estamos liderando essa mudança – com a Cumulocity IoT.

Nossos parceiros concordam: “Nossa parceria estratégica para dimensionar nossa Cloud of Things Platform tem como foco a entrega de serviços de sucesso e a introdução de novas funcionalidades para nossos clientes”, disse Rami Avidan, Chefe de Negócios de Internet das Coisas (IoT) da Deutsche Telekom. “A excelência da Software AG em recursos de IoT nos dá a confiança de que ofereceremos o que há de melhor e nos expandiremos para novos setores.

O potencial da Internet das Coisas é Ilimitado!

Baixe o eBook e descubra como acelerar a adoção do IoT

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages