Forbes publica guia com boas práticas para reabrir lojas e shoppings com segurança

A revista Forbes publicou o Guia Reopenning America ou Reabrindo a América. Sobre a retomada das atividades do varejo, como lojas e shoppings, aconselhou:

Considere encomendar itens on-line para entrega em casa ou retirada em área externa à loja ou drive thru, especialmente se você faz parte da população de alto risco.

  1. Ao visitar uma loja ou shopping: use uma máscara que cubra o nariz e a boca e tente ficar a pelo menos a um metro e meio de distância de outros consumidores e funcionários.
  2. Seja compreensível com novos procedimentos. Algumas lojas exigirão máscaras ou verificações de temperatura na entrada, e você poderá ser supervisionado mais de perto pelos funcionários que poderão, inclusive, manusear as mercadorias para você e impor um distanciamento social. Os provadores, banheiros, bebedouros e áreas de lazer podem estar fechados.
  3. Limite o que você toca ou pega enquanto visita as lojas e evite tocar seu rosto.
  4. Prefira usar o Apple Pay ou outras opções de pagamento que dispensam o cartão e a digitação da senha na maquininha, se possível.
  5. Ao voltar para casa, lave as roupas que comprou. Se você quiser experimentar algo primeiro, mantenha a etiqueta e aguarde por 24 horas antes de experimentá-la. Limpe as outras mercadorias com spray desinfetante e jogue fora as embalagens.
  6. Considere adotar uma triagem mais rígida dos seus funcionários. Implemente questionários, declarações de próprio punho, verificações ou testes de temperatura e de outros sintomas. Exija que os funcionários usem máscaras.
  7. Desinfecte tudo – carrinhos de compras, maçanetas, máquinas de cartão de crédito, banheiros e outras superfícies em que as pessoas tocam com frequência – de preferência após cada uso e à vista dos consumidores. Se os provadores estiverem abertos, desinfecte-os, e separe as roupas que foram experimentadas por 24 horas antes de colocá-las novamente nas araras. Se você estiver aceitando devoluções, armazene-as separadamente também por um período de tempo antes de devolvê-las para a loja.
  8. Evite aglomerações e siga as orientações estaduais e municipais em relação ao número de compradores que podem entrar na loja ao mesmo tempo. Posicione um funcionário na entrada para controlar o tráfego. Coloque adesivos no chão para direcionar os compradores e utilize também os alto-falantes das lojas para lembrar os clientes sobre práticas seguras de compra.
  9. Não entre em uma loja movimentada onde não parece haver nenhum esforço para limitar o número de pessoas. O estabelecimento pode estar violando os limites de capacidade determinados por autoridades locais.

“Os varejistas serão classificados em vencedores e perdedores com base na percepção dos clientes quanto ao seu compromisso com a saúde e a segurança”, disse Matthew Shay, presidente e CEO da Federação Nacional de Varejo dos EUA.

Precisa de um atendimento completo e adequado
ao dia a dia do seu negócio?

Conheça nossa unidade de negócio de
Suporte a Operações

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages