Cinco regras para rescindir um funcionário sem incidente

O ato de despedir nunca é uma tarefa agradável ou gratificante. Embora as demissões possam ser necessárias para a longevidade e a produção de produtos de uma empresa, dizer a um funcionário que seus serviços não são mais necessários é uma experiência dolorosa e emocionalmente desgastante que coloca ambas as partes em perigo.
Independentemente do motivo da rescisão, se você for proprietário de uma empresa, terá a responsabilidade de protegê-la a todo custo. Embora a dispensa de um funcionário possa marcar o fim de uma relação de trabalho, se tratada de forma ineficaz, pode ser apenas o começo de um ataque alimentado pelo rancor. Mesmo os funcionários mais dóceis podem sucumbir à raiva e às frustrações, deixando a empresa cambaleando em resposta.

Leia o eBook “Fraudes praticadas por colaboradores cresce em todo o mundo” e entenda mais sobre os tipos de insiders e como proteger a sua empresa desses ataques!

Embora a maior parte da atenção no passado tenha sido direcionada para evitar a violência física com ex-funcionários, nesta era da tecnologia, prevenir um ataque à infraestrutura é tão importante quanto. Em um momento, um funcionário com folga suficiente pode eliminar sistemas, vazar informações e lançar uma organização em um estado de caos irreversível. Aqui estão algumas diretrizes para demitir um funcionário da forma mais amigável possível:

  1. Evite um período de espera: a demissão de um funcionário com acesso de alto nível à TI precisa ser uma ação que aconteça imediatamente. Você pode pensar que está fazendo um favor ao seu funcionário ao avisar sobre a rescisão, mas uma janela estendida pode levar ao desastre com o vazamento de informações proprietárias.
  2. Fique atento: se um funcionário tiver acesso às autorizações de segurança ou aos dados do cliente, não deixe o funcionário voltar para a mesa sem supervisão. Em um estado de choque e raiva, um funcionário pode tomar uma decisão precipitada da qual até ele pode se arrepender, portanto, para o benefício do funcionário e da sua organização, não permita o acesso ao computador.
  3. Revogar contas e liberações: Como um funcionário pode acessar contas de outros computadores do escritório ou em dispositivos pessoais, é importante revogar todo o acesso à conta no momento do encerramento. Isso significa nenhuma informação de entrada, nenhuma retenção de arquivos da empresa e nenhuma chave / senha para entrar no prédio.
  4. Ouça: coloque-se no lugar do funcionário e veja a situação de uma perspectiva diferente. É vital evitar ser paternalista na conversa de despedida ou reagir com respostas emocionais comuns, já que ambas só irão alimentar a negatividade. Ouça e pareça simpático, mas permaneça firme e não se alimente de hostilidade ou súplicas.
  5. Esteja preparado: um empregador que parece despreparado para responder a perguntas e tratar de questões só irá enfurecer um funcionário já emocionalmente perturbado. Dirija-se à reunião preparado com sua declaração e as respostas ajudarão o funcionário a superar a situação difícil sem recorrer à sabotagem no local de trabalho.

Reduza o risco de ameaças internas no seu negócio!

Converse com nossos especialistas

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages